sexta-feira, 1 de maio de 2015

Porto de Suape movimenta 5 milhões de toneladas de cargas no primeiro trimestre




A movimentação de cargas no Porto de Suape chegou ao recorde de 5 milhões de toneladas no primeiro trimestre deste ano.
A marca é 32,7% maior que o total registrado no mesmo período de 2014, quando circularam 3,78 milhões de toneladas de cargas. O mês de março teve a maior movimentação do período, com cerca de 1,81 milhão, e é o novo recorde mensal, com crescimento de 49% em relação a março do ano passado e 11% a fevereiro deste ano, que era o recorde até então, com 1,63 milhão de toneladas.
Entre as cargas movimentadas, os granéis líquidos (combustíveis, álcoois, óleos, gases e produtos químicos) foram os responsáveis pelo grande aumento, já que registraram o crescimento de 59% em relação aos três primeiros meses de 2014.
Este ano, passaram pelo Porto de Suape 3,56 milhões de toneladas de granéis líquidos, contra 2,24 milhões do ano passado. Se compararmos apenas os meses de março, a movimentação de granéis líquidos, em 2015, foi 92% superior a 2014. Dentre essas mercadorias, destacam-se óleo diesel (960 mil t), óleo combustível (737 mil t), óleos brutos (560 mil t) e querosene de aviação (328 mil t).
As cargas conteinerizadas somaram 1,12 milhão de toneladas ou 101 mil TEUs (unidade de contêiner de 20 pés); os granéis sólidos, 249 mil toneladas, e carga geral solta 55 mil toneladas.
Com relação às cargas transportadas por cabotagem, que é a navegação costeira entre os portos de um mesmo país, Suape registrou um aumento de 53% neste tipo de navegação. Os embarques e desembarques de cabotagem neste trimestre somaram 3,15 milhões de toneladas, contra 2,06 milhões em 2014. A navegação de longo curso (importação e exportação) também cresceu e fechou o trimestre com alta de 26,2%. Quanto ao fluxo de navios, o porto recebeu 385 embarcações, 28 a mais que os três primeiros meses de 2014.
No ano passado, Suape movimentou 15,2 milhões de toneladas de cargas e 418 mil TEUs, sendo o principal porto em movimentação de contêineres do Norte e Nordeste. Entre as mercadorias que passaram por Suape em 2014, destacaram-se óleo diesel (17%), GLP (16,6%), óleo combustível (9,2%) e gasolina (5,7%), além das cargas transportadas por contêineres que representaram 30,8% da movimentação.
Balanço – Nesta quinta-feira, a administração do Complexo Industrial Portuário de Suape divulgou o balanço patrimonial de 2014 no Diário Oficial do Estado de Pernambuco. No ano passado, o faturamento do porto foi de R$ 112,5 milhões, o que representa um crescimento de 27,11% em relação a 2013, que tinha registrado R$ 88,5 milhões.
No faturamento, são contabilizados os pagamentos provenientes dos arrendamentos, das tarifas portuárias e dos aluguéis. O lucro líquido do exercício de 2014 foi de R$ 9,44 milhões, superior ao de 2013 em 7,63%, que tinha sido de R$ 8,77 milhões.
Fonte: Blog do Jamildo.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Follow by Email