terça-feira, 1 de novembro de 2011

Mais mil empregos para o Porto

A italiana Navalmare, estaleiro de estruturas offshore, como plataformas e decks, anunciou ontem que o Complexo de Suape vai sediar sua primeira unidade no Brasil. O investimento inicial do empreendimento, de R$ 200 milhões vai gerar cerca de mil empregos diretos e foi divulgado após reunião com o governador Eduardo Campos, no Palácio do Campo das Princesas. A previsão é começar a operar no segundo semestre de 2013 com consumo mensal de mil toneladas de aço.

O presidente da Federação das Indústrias do Estado de Pernambuco (Fiepe), Jorge Côrte Real, destacou as condições do Estado para a implantação de mais um estaleiro em Suape. "Temos um porto de águas profundas, nossa localização geográfica favorece muito a logística, além de um polo naval em implementação, ao qual Suape será um grande agregador", detalhou. "Pernambuco é uma ótima escolha para se investir. E nosso objetivo é apresentar esses pontos positivos e fazer o intermédio com o governo do Estado", completou.

A reunião contou, ainda, com a presença do presidente do Sinaval/Norte-Nordeste, Ângelo Bellelis, e do coordenador do Núcleo de Petróleo e Gás da Fiepe, Antônio Sotero. O consultor Pedro Agrelli, que acompanhou, no Recife, os empresários Antônio Albano, presidente da Navalmare, e dos diretores Mara Antonini, Federico Albano e Giovani Guidugli.

A Navalmare atua no setor de construção naval desde 1979 e, além de estruturas offshore, também opera nos segmentos de transporte de gás e usinas geradoras de energia. "Pernambuco é, atualmente, destaque no cenário nacional e sua posição estratégica levou o grupo empresarial a investir neste projeto", afirmou Agrelli. Outros três estaleiros já estão em implantação no Complexo Industrial Portuário de Suape. São eles: Estaleiro Atlântico Sul (EAS), Promar e CMO.

Fonte: Integra do Cabo em Alerta


Nenhum comentário:

Postar um comentário

Follow by Email