terça-feira, 12 de julho de 2011

Fiat será instalada em Goiana/PE e deve beneficiar as cidades de JP, CG, Santa Rita e Bayeux

O superintendente da Sudene, Paulo Fontana, garantiu que a montadora Fiat desistiu de se instalar em Suape e vai levar todos os investimentos para Goiana. Segundo ele, o município que faz fronteira com a Paraíba, vai receber a fábrica, a pista de testes e o centro de pesquisas.

De acordo com Fontana, os empreendimentos vão ocupar uma área de 12 milhões de m². "Ainda serão confirmadas cerca de 60 empresas fornecedoras", garantiu. A Paraíba já foi procurada por fornecedores do setor automotivo.

Enquanto o superintendente anunciou uma fábrica completa, os interlocutores do Palácio do Campo das Princesas confirmaram a instalação de apenas duas unidades da Fiat em Goiana: a pista de testes e o centro de pesquisas.

Segundo eles, a sede da montadora continua prevista para Suape. Especulações a parte, o anunciou será feito em conjunto pelo Governo de Pernambuco e Fiat em agosto. Após a realização de uma audiência pública na Comissão de Desenvolvimento Econômico da Assembleia Legislativa.

A ideia de interiorizar a fábrica partiu da empresa e obteve rápida aceitação do Estado. Com isso o governo economizará mais de R$ 300 milhões em terraplanagem e levará desenvolvimento ao interior.
No sábado (9), o secretário estadual da Casa Civil de Pernambuco, Tadeu Alencar, afirmou que, em conversas com a direção da Fiat, o Governo tem argumentado que a montadora pode obter "condições favoráveis" optando por Goiana. Alencar ponderou que o interesse da gestão nunca foi tirar a fábrica de Suape.

Aliado do governador pernambucano, Eduardo Campos (PSB), o governador Ricardo Coutinho (PSB), comemorou a notícia da implantação da fábrica em Goiana. Ele trabalhou para atrair investimentos e empregos para o seu estado.

Segundo o presidente da Federação das Indústrias da Paraíba (Fiep), Francisco Buega Gadelha, a Fiat conta com 150 fornecedores, pelo menos 50 deles devem se instalar no entorno da montadora. Grupos interessados em fornecer à Fiat estão analisando a possibilidade de abrir as portas em Cabedelo (PB), que fica a aproximadamente 60 quilômetros de Goiana, mas aguardam um posicionamento oficial do fabricante para bater o martelo.

"É um município que tem um excelente porto, que nem foi engolido pela cidade e nem está saturado", atestou. De acordo com ele, a Fiat sairia beneficiada por ser "contemplada" com a competência dos dois estados. "Seria uma planta bi-estadual. Fornecemos engenheiros para diversas montadoras no País", disse. Entre as possíveis cidades paraibanas que sofreriam impactos positivos com a decisão estão João Pessoa, Campina Grande, Santa Rita e Bayeux.

O deputado estadual Betinho Gomes (PSDB/PE) tomou à frente na luta para evitar que a Fiat seja instalada no município de Goiana, e não no Cabo de Santo Agostinho. O que está se estranhando é o silêncio do outro representante cabense na Assembleia Legislativa, Everaldo Cabral (PTB).

Folha de Pernambuco

Um comentário:

  1. Ola tudo bem.. Sou operador escavadeira hidráulica, e retroescavadeira. e estou disponivel para maiores informações no fone: 81-97552330 ou pelo email: edson_assuncao2010@hotmail.com,
    Agradeço desde já.

    ResponderExcluir

Follow by Email