sexta-feira, 13 de maio de 2011

Wärtsilä quer ter oficina em Suape

Finlandesa firmou acordo com o Governo de Pernambuco ainda este mês.

A Wärtsilä, líder global em soluções energéticas para mercados marítimos e de geração de energia assinou no dia 10 de maio (terça-feira), uma carta de intenções com o Governo de Pernambuco, para instalação de um workshop próprio no local.

De acordo com a multinacional finlandesa uma grande movimentação de navios é esperada para o Porto de Suape entre 2012 e 2020. "A fim de ganhar essa fatia de mercado e com o grande potencial que o Nordeste brasileiro apresenta por estar próximo a clientes, a Wärtsilä espera que a criação do workshop nessa localidade facilite o pós-venda para as áreas de Power Plants e Ship Power", observa o presidente da Wärtsilä Brasil, Robson Campos. De acordo com ele hoje a Wärtsilä emprega cerca de 100 colaboradores nas sete usinas termelétricas que opera no Nordeste.

A região recebe hoje investimentos da ordem de US$ 17 bilhões. São mais de 100 empresas instaladas e outras 35 em fase de implantação. Uma refinaria de petróleo, três plantas petroquímicas e o maior estaleiro do hemisfério sul estão em construção no local, consolidando um grande polo de bens e serviços para as indústrias de petróleo, gás, offshore e naval.

Perfil- A Wärtsilä é uma empresa de origem finlandesa líder global em soluções energéticas de ciclo de vida completo para mercados marítimos e de geração de energia. A companhia já instalou mais de 4 mil usinas termelétricas no mundo, na área de Power Plants. Na área marítima (Ship Power), os motores da Wärtsilä equipam 65% dos navios de cruzeiro construídos nos últimos três anos. Criada em 1834, a Wärtsilä tem cerca de 18 mil funcionários em mais de 70 países.

A Wärtsilä no Brasil- A Wärtsilä chegou ao Brasil em 1990, onde emprega mais de 600 funcionários. Opera seu escritório matriz e um centro de serviços no Rio de Janeiro, além de outro centro de serviços em Manaus (AM) e possui presença em outros oito estados brasileiros. A empresa projetou e construiu 22 usinas no país e ultrapassou a marca de 2,0 GW de potência instalada. Na área naval, a companhia tem no Brasil base instalada com capacidade superior a 800 MW em mais de 200 navios e embarcações.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Follow by Email