sexta-feira, 13 de maio de 2011

Fiat vai produzir veículos no Nordeste

Em breve, o Nordeste vai ganhar mais uma fábrica de automóveis e comerciais leves. A Fiat confirmou formalmente o aporte que está contido nos R$ 10 bilhões que a empresa aprovou para o Brasil (período de 2011 a 2014), dos quais R$ 7 bilhões serão destinados a Minas Gerais.

A fábrica da Fiat Automóveis será no centro de um polo industrial que será formado em área 4,4 milhões de metros quadrados, no Complexo de Suape (PE). O polo industrial reunirá fornecedores de componentes e sistemas. Segundo a montadora, a localização estratégica de Suape representa vantagem na movimentação de suprimentos e de produtos acabados. Resultará, também, em ganhos de competitividade para atender ao crescimento do mercado automotivo brasileiro.

A nova fábrica da Fiat será projetada com capacidade para produzir aproximadamente 200 mil veículos por ano. Ao operar à plena capacidade, o polo industrial de Suape criará 3.500 empregos diretos. A fábrica produzirá novos modelos de automóveis, desenvolvidos no Brasil e voltados para a demanda do consumidor brasileiro e latino-americano. O projeto inclui, também, a implantação por iniciativa do Governo Estadual de Pernambuco, de Centro de Treinamento e Capacitação, para qualificar os recursos humanos a serem demandados pelo polo automotivo de Pernambuco.

Pedra fundamental

O lançamento da "pedra fundamental" da nova fábrica da Fiat no Complexo Industrial Portuário de Suape, na Região Metropolitana de Recife, ato simbólico de início das obras, ocorreu no dia 28 de dezembro de 2010, no Porto de Suape, com a presença de cerca de 1.000 convidados, entre autoridades, membros da comunidade e imprensa especializada. Este Caderno de Veículos esteve acompanhando aquele ato solene. 

A decisão da Fiat  de investir no Nordeste, salvo melhor juízo, é altamente inteligente, oportuna e estratégica. Faz-nos lembrar a instalação daquela montadora em Betim, Minas Gerais, há muitos anos. Uma expressiva quantidade de pessoas manifestou descrença na iniciativa. 

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Follow by Email