terça-feira, 23 de março de 2010

Coca-Cola investe na embalagem retornável

Queridinhas dos bebedores de refrigerante, as embalagens retornáveis começaram a ser produzidas, ontem, na unidade de Suape da Coca-Cola Guararapes, fabricante oficial em Pernambuco e na Paraíba.

Linha de retornáveis da fábrica em Suape tem capacidade de produção de até 670 milhões de litros por ano. Foto: Maristela Beltrão/Coca-Cola
 A inauguração da linha contou com a presença do presidente do Complexo Industrial e Portuário de Suape, Fernando Bezerra Coelho, e de funcionários e diretores da Coca-Cola Brasil e da The Coca-Cola Company. Para o consumidor, a promessa é de benefícios em dobro: além de preços mais baixos, a volta do gostinho incomparável do refri em vidro.

Segundo a Coca-Cola, a linha de retornáveis em Suape é a mais moderna do mundo. Com ela, a capacidade de produção da fábrica torna-se 25% maior, chegando a 670 milhões de litros por ano. Considerando toda a Coca-Cola Guararapes, que ainda mantém unidades em Jaboatão dos Guararapes, João Pessoa e Petrolina, o volume passa a ser de um bilhão de litros por ano, 130 milhões a mais do que em 2009.

A fábrica em Suape produzirá embalagens retornáveis de 200 mililitros, 290 mililitros e um litro. Os preços iniciais são R$ 1,10, R$ 1,50 e R$ 1,99. Quem tiver a garrafinha pode economizar R$ 0,50, custo de fabricação de cada vasilhame. Assim, a "reposição" do líquido sai por R$ 0,60 (200 ml), R$ 1 (290 ml) e R$ 1,49 (1 litro).

As embalagens retornáveis também devem contribuir para a redução dos impactos ambientais da produção e do consumo de refrigerantes na região. Ao contrário das latas de alumínio e garrafas PET, os vasilhames de vidro são reutilizáveis e 100% recicláveis.

Segundo o presidente da Coca-Cola Guararapes, Luís Delfim, a linha de retornáveis não deve motivar contratações. "Quase toda a cadeia produtiva é automatizada. Por isso, o serviço ficará com alguns funcionários mais experientes e qualificados, que serão deslocados da fábrica de Jaboatão dos Guararapes", explicou.

Mais novidades - A linha retornável é apenas uma das novidades da fábrica em Suape. Ontem, também foi inaugurado um novo galpão, equipado com telhas translúcidas, que contribuem para a redução no consumo de energia, e um sistema de reaproveitamento da água da chuva. As inovações, que custaram R$ 50 milhões, marcam a conclusão da segunda etapa do plano de expansão da Coca-Cola Guararapes, iniciado no fim de 2008.

De acordo com Luís Delfim, os investimentos em infra-estrutura são motivados pelo crescimento da marca na região. Desde 2006, a média de desenvolvimento da empresa é de 8% ao ano. Para 2010, a expectativa fica entre 5% e 7%. "Diante dessa evolução, estávamos trabalhando próximos do limite. O nosso processo de expansão busca atender às novas demandas", afirma. Hoje, segundo Delfim, a Coca-Cola Guararapes responde por 60% do mercado de refrigerantes de Pernambuco e da Paraíba.

Com uma área de armazenamento de dez mil metros quadrados (110% superior ao espaço original), a fábrica de Suape passa a funcionar como um centro de distribuição da Coca-Cola para o Cabo de Santo Agostinho e as praias do Litoral Sul de Pernambuco. 

Fonte: Diário de PE



Valter Paes Barreto
81 8842-1455

"Um homem só tem o direito de olhar a um outro de cima para baixo, quando vai ajuda-lo a levantar-se" - Gabriel Garcia Marquez

Um comentário:

  1. bem estou entrado em contato com voces para anuciar uma casa no cabo de santo agostinho para alugar em um condonimio se algum engenheiro tiver interesse entrar em contato com o numero (81)32418259-92555755,procurar por marcia.

    obrigada.

    ResponderExcluir

Follow by Email