domingo, 28 de fevereiro de 2010

Indústria naval terá 600 hectares no Porto de Suape

O Conselho de Autoridade Portuária de Suape (CAP/Suape) aprovou ontem o novo Plano de Desenvolvimento e Zoneamento (PDZ) do porto. Conforme o que ficou estabelecido, uma área de 600 hectares será destinada a implantação de um cluster naval, onde poderão se estabelecer até dez empresas, incluindo novos estaleiros.
Também foram contempladas no plano as concessões por 25 anos de áreas para implantação de três terminais, cujos investimentos previstos somam US$ 640 milhões. O Terminal de Granéis Sólidos (minério) deverá se localizar na Ilha de Cocaia, com capacidade para exportar 15 milhões de toneladas por ano. Já o novo Terminal de Contêineres – com capacidade para movimentar anualmente 500 mil contêineres – compreenderá uma faixa de cais de 700 metros. O Plano também prevê construção do Terminal de Múltiplos Usos (grãos). Este será utilizado para escoamento da produção agrícola transportada pela Transnordestina.

Conforme explicou presidente do porto e secretário de Desenvolvimento Econômico de Pernambuco, Fernando Bezerra Coelho, a ideia é chegar a 2030 com capacidade para movimentar 100 milhões de toneladas por ano. Hoje, Suape movimenta 8 milhões de toneladas/ano.

Fonte: Jornal do Commercio

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Follow by Email