domingo, 10 de janeiro de 2010

Suape: Governo, universidades e empresas planejam o futuro

Suape: Governo, universidades e empresas planejam o futuro
Formado por representantes das universidades públicas pernambucanas, secretarias de Estado, federação da indústria e empresas estruturadoras como a Refinaria Abreu e Lima, a PetroquímicaSuape e o Estaleiro Atlântico Sul, além de bancos públicos, Ministério da Ciência e Tecnologia e Sudene, o grupo terá a tarefa de preparar o porto pernambucano para as novas oportunidades que surgem a cada dia.


Na ocasião, o Reitor da UFPE Amaro Lins passou a exercer a presidência do Comitê Consultivo do Projeto Suape Global. Já o Comitê Executivo é capitaneado pelo secretário de Desenvolvimento Econômico e presidente do porto, Fernando Bezerra Coelho. A criação do Fórum visa pensar Suape nos próximos 50 anos, consolidando o equipamento como um polo provedor de bens e serviços da indústria do petróleo, gás, offshore e naval.


O Fórum Suape Global é formado pelo Comitê Consultivo, Comitê Executivo, Secretário Executivo e por seis grupos de trabalho setoriais. Os grupos são responsáveis pela elaboração de documentos orientados pelas diretrizes governamentais. O Comitê Consultivo tem por objetivo aconselhar, avaliar e acompanhar o encaminhamento das orientações estratégicas.


Um convênio entre Suape e a Universidade Federal de Pernambuco (UFPE) para elaboração de um Planejamento Estratégico do Conselho Consultivo do Suape Global também foi assinado.


"Quero agradecer pela confiança depositada pelo Governo do Estado em nossas universidades, assim estamos trabalhando de forma articulada, o que é bom para o povo pernambucano. O grande desafio agora é montar uma base de estudo para construir estratégias consistentes", revelou o reitor da Universidade Federal de Pernambuco, Prof° Amaro Lins.


Para o governador, a formação do Conselho também é uma ação estratégica: "Esse é um espaço importante onde iremos mover esforços com a sinergia dos setores públicos e privados, e também com o apoio das nossas universidades, para dar conta dessa magnífica tarefa que vai mudar a matriz econômica desse Estado", relatou, para depois completar:


"Da mesma forma que fizemos o debate para a distribuição dos royalties do Pré-sal, precisamos discutir o Suape Global para que possamos fazer com que os resultados obtidos no porto sejam distribuídos de forma igualitária por todo o nosso território"


O secretário de Desenvolvimento Econômico e presidente de Suape, Fernando Bezerra Coelho, frisou que 2010 será o melhor ano da história econômica de Pernambuco e que por isso é necessário juntar esforços para obter resultados mais vultosos.


Também compõem o conselho o secretário de Juventude e Emprego, Pedro Mendes, o presidente da Copergás, Aldo Guedes, a economista Tânia Bacelar e os prefeitos do Cabo de Santo Agostinho, Lula Cabral, e de Ipojuca, Pedro Serafim, além de representantes da Caixa Econômica Federal, da Petrobras, do BNDES, da Caixa Econômica Federal, além dos reitores da UPE e da UFRPE.


Fonte: www.pe.gov.br

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Follow by Email