sábado, 31 de outubro de 2009

Grupo português vai abrir fábrica em Suape


O grupo português Efacec – especializado em soluções e equipamentos para o mercado de energia – vai investir R$ 35 milhões para implantar uma fábrica no Complexo de Suape, com a geração de 150 empregos diretos. O protocolo de intenções será assinado amanhã, em Portugal, pelo secretário de Desenvolvimento Econômico, Fernando Bezerra Coelho, e o administrador executivo da empresa, Alberto Martins.
A unidade vai produzir transformadores elétricos para atender aos mercados do Norte e Nordeste. A expectativa do grupo é iniciar a operação da indústria no prazo de dois anos, ocupando uma área de 5 hectares no complexo.

O protocolo de intenções será assinado com a Efacec Energy Service – braço de energia do grupo Efacec –, que também atua nos setores de transportes, logística, engenharia e serviços. "É uma empresa importante para fornecer aos megaempreendimentos que estão se implantando em Suape, a exemplo da Refinaria Abreu e Lima, do Polo Petroquímico e do Estaleiro Atlântico Sul", afirma Bezerra Coelho.

Com presença em 65 países e fábricas em sete deles, inclusive no Brasil (em São Paulo e Salvador), o grupo vai reforçar sua presença em Pernambuco, onde já atua como sócia majoritária da Efacec Energy Service, que iniciou suas atividades ocupando uma antiga empresa pernambucana, em Jaboatão dos Guararapes. No município, o foco de atuação é a recuperação de máquinas elétricas em suas oficinas e a manutenção de subestações nas instalações dos clientes.

A proposta da empresa é aproveitar a mão de obra local e apostar no fornecimento de matéria-prima no mercado doméstico. A expertise da companhia é na instalação e fornecimento de equipamentos em energia. O Estado está oferecendo benefícios fiscais para a empresa através do Programa de Desenvolvimento de Pernambuco (Prodepe).

Com 60 anos de atuação no mercado e 4 mil colaboradores, a Efacec tem um faturamento médio anual de 800 milhões.

CHINESES

Outro empreendimento prestes a ser anunciado para o Complexo de Suape é a companhia chinesa de válvulas Sulfa Apex. Bezerra Coelho adianta que a empresa já é fornecedora da Petrobras e que está desembarcando em Pernambuco no vácuo dos grandes investimentos nas áreas de petróleo, gás, offshore e naval. O investimento na indústria deve ficar entre R$ 40 milhões e R$ 50 milhões.

Fonte: Jornal do Commercio

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Follow by Email