quinta-feira, 17 de setembro de 2009

Importações serão ampliadas através de Suape

A partir do próximo ano, o Grupo Pão de Açúcar vai aumentar as importações através do Porto de Suape. Atualmente, o valor anual utilizado para importação de produtos via Pernambuco é de R$ 18 milhões e, nos próximos três anos, o montante vai aumentar para R$ 100 milhões. A expectativa é que as importações através da zona portuária estadual possam atender a demanda do Nordeste.

"Atualmente, importamos muitos produtos através de outros portos, como o de Santos e o de Vitória. Mas, se conseguirmos trazer os produtos via Suape, os custos de logística reduziriam bastante e dariam mais competitividade para o grupo no Nordeste", afirmou o diretor regional do Grupo Pão de Açúcar, Luís Carlos Araújo. Ele ainda ressaltou que existe a perspectiva de, no futuro, os produtos seguirem o caminho inverso e Pernambuco passe a abastecer o restante do Brasil.

Para aumentar a importação, o Grupo Pão de Açúcar vai receber benefícios do Governo do Estado, através do Programa de Desenvolvimento do Estado de Pernambuco (Prodepe), como incentivos fiscais. "Mas vamos seguir as exigências, como não prejudicar a competitividade dos produtos regionais", ressaltou Araújo.

Atualmente, a rede conta com cinco centros de distribuição no Nordeste, sendo um em Fortaleza, um em Salvador e três em Pernambuco. Dois ficam no Jordão, um de alimentos e outro de não-alimentos e, como são novos, entre dois e quatro anos de funcionamento, não passarão por reformas. Mas o da Imbiribeira, de perecíveis, vai receber investimentos a partir de 2010 para receber esse incremento de produtos importados.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Follow by Email