quarta-feira, 15 de julho de 2009

Projeto já conta com 9 empresas

 
O projeto Suape Global já conseguiu atrair nove empresas para encampar o polo de petróleo e gás, naval e offshore de Pernambuco. Ontem, durante o lançamento do seminário Pernambuco Business Oil & Gas, offshore e shipbuilding, no JCPM Trade Center, que será realizado nos dias 24 e 25 de novembro, alguns empresários assinaram protocolo de intenções com o governo do Estado. Os novos empreendimentos vão somar aportes da ordem de R$ 274 milhões e representar a geração de 4.300 empregos diretos.

Na lista das primeiras empresas a encorpar o projeto estão Jaraguá, Daihatsu, RIP, Alphatec, Denini/Codistil, EBSE, XCMG, White Martins e IBG. As companhias estão chegando a Pernambuco atraídas pelas âncoras de Suape Global: o Estaleiro Atlântico Sul, a Refinaria Abreu e Lima e a Petroquímica Suape.

A Jaraguá Equipamentos Industriais foi uma das empresas que assinou protocolo ontem com o governo de Pernambuco. O co-presidente da companhia paulista, Cristian Jaty Silva, diz que está concluindo a formalização da área para começar a construção ainda este ano. "Nossa ideia é inaugurar a unidade no primeiro trimestre de 2010", adianta. A empresa tem contrato assinado com a Petrobras para a montagem de fornos para a Refinaria Abreu e Lima.

A japonesa Daihatsu foi outra empresa que acelerou às negociações, encaminhando uma carta à Secretaria de Desenvolvimento Econômico, formalizando o pedido de uma área no Complexo de Suape para a implantação de uma fábrica de motores marítimos, que vai consumir investimento de R$ 20 milhões e gerar 100 empregos.

O projeto Suape Global vai destinar uma área de 300 hectares para agrupar as empresas do novo cluster. O seminário Pernambuco Business 2009 é uma das ações da iniciativa de transformar o complexo num polo de bens e serviço. Realizado em parceria com o Instituto Brasileiro de Petróleo, Gás e Biocombustíveis (IBP), o evento será realizado no JCPM Trade Center. Os painéis vão discutir temas como financiamentos para os grandes projetos nas áreas de óleo, gás, offshore e naval, logística para implantação de empreendimentos, promoção comercial para inserção no mercado global, dentre outros.

O projeto Suape Global também será apresentado no próximo dia 4, durante o evento Café com Energia, na sede da Organização nacional da Indústria de Petróleo (Onip), no Rio de Janeiro. A ideia é divulgar para o PIB da indústria do petróleo, o movimento que está acontecendo em Pernambuco e tentar atrair novos investidores. O evento é realizado mensalmente pela Onip.

Fonte: Jornal do Commercio

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Follow by Email